26 de maio - Dia Nacional de Combate ao Glaucoma

Neste sábado, 26 de maio, é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Glaucoma. Para alertar sobre a doença, o Dr. Roberto Vessani, membro do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), respondeu ao blog do Virtual Vision as principais dúvidas sobre a patologia e alertou sobre a importância do exame oftalmológico preventivo, confira: 

Blog VV - O que é Glaucoma?
Dr. Roberto Vessani - Glaucoma é uma doença crônica do nervo óptico (estrutura que carrega informação do olho para o cérebro) que leva ao comprometimento progressivo e irreversível da visão se não for diagnosticada e tratada de forma adequada.

VV - Quais são os sintomas?
Dr. Roberto Vessani - A forma mais comum dessa doença infelizmente costuma ser assintomática em sua fase inicial, quando o comprometimento da visão é mais periférico. Numa fase mais avançada (a qual pode levar vários anos) a visão central também é acometida trazendo importantes dificuldades e impacto na qualidade de vida do paciente. 

VV - Quais são as causas?
Dr. Roberto Vessani - Existem diversos tipos de glaucoma. Alguns deles podem ocorrer por complicações de outras doenças oculares ou da saúde geral do indivíduo (glaucomas secundários). O glaucoma primário de ângulo aberto é a forma mais comum dessa doença e apresenta causa desconhecida. A pressão dentro do olho (pressão intraocular) elevada é considerada um dos fatores de risco mais importantes para a lesão glaucomatosa do nervo óptico. No entanto, existem pacientes que apresentam glaucoma, mesmo com a pressão intraocular normal.

VV - A idade é um fator de risco importante para o Glaucoma? 
Dr. Roberto Vessani - Sim, o número de indivíduos que apresentam a forma mais comum dessa doença (o glaucoma primário de ângulo aberto) aumenta com a idade. O risco para apresentar glaucoma é maior após os 40 anos e estudos sugerem que ele aumenta de 4-6% por ano de vida mais velho.

VV - É uma doença hereditária?
Dr. Roberto Vessani - Estudos genéticos sugerem que uma grande parcela dos casos de glaucoma tem origem familiar.  Indivíduos que têm filhos, irmãos ou pais com glaucoma podem apresentar um risco de desenvolver essa doença 4-9 vezes maior do que a população geral.

VV - O uso indiscriminado de colírios pode causar o Glaucoma?
Dr. Roberto Vessani - Alguns colírios como, por exemplo, os que contêm cortisona podem levar ao aumento da pressão intraocular se usados de forma inadequada e sem orientação médica, aumentando a chance de desenvolvimento do glaucoma. 

VV - Qual o percentual de brasileiros com Glaucoma? 
Dr. Roberto Vessani - Segundo estudo realizado no Brasil, acredita-se que aproximadamente 3.5% dos brasileiros tenham diagnóstico de glaucoma (incluindo todas as formas dessa doença). Estudos internacionais sugerem que grande parte desses indivíduos não sabem que tem a doença.

VV – Dica do oftalmologista:  
Dr. Roberto Vessani - O exame oftalmológico preventivo é muito importante no combate ao glaucoma. Se você tem mais de 40 anos ou apresenta um familiar de primeiro grau (filho (a), irmã/irmão ou um dos pais) com glaucoma, procure seu oftalmologista para examiná-lo.
Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter